Comentar

Faça aqui o seu comentário. 

Agradecemos a todos as visitas e as colaborações, tanto dos descendentes de Caetano Martins Pereira, como de quaisquer outros interessados na história da família. Nestas páginas irão encontrar informações da própria história do Brasil que não aparecem nos livros, por se referirem à tradição oral e documental guardadas e transmitidas carinhosamente pela família através de gerações.

 

Para ver os comentários, clique aqui

 

24 ideias sobre “Comentar

  1. Sou Eleonor Couto de Araújo Estanislau, nutricionista e 2ª esposa de Aristóteles Martins Estanislau. Nosso casamento aconteceu em 22 de outubro de 1983, na Igrejinha da Pampulha (Igreja São Francisco de Assis). Estamos casados há 33 anos. Temos 2 filhos, Bruno de Araújo Estanislau e Victor de Araújo Estanislau.
    Bruno de Araújo Estanislau, engenheiro,casado, nascido em 21 de junho de 1985 em Belo Horizonte/MG. Casou-se com Marcella Louise Vieira de Brito, que após o casamento passou a assinar Marcella Louise Vieira de Brito Estanislau.
    Victor de Araújo Estanislau, solteiro, artista plástico e ferreomodelista, nascido em 13 de outubro de 1988.
    Quando casamos, em 1983 eu, Eleonor Couto de Araújo, tinha 20 anos e Aristóteles Martins Estanislau 47 anos. Após o casamento passei a assinar Eleonor Couto de Araújo Estanislau.
    Já enviei esses dados para completar sobre o segundo casamento de Aristóteles Martins Estanislau, mas não sei se receberam ou se visualizaram, não estou localizando mais aqui a postagem de meu comentário.
    Att,
    Eleonor
    Tel. (31) 99612-4612 (vivo e zap)

  2. Sou Eleonor Couto de Araújo Estanislau, nascida em 15 de maio de 1963, nutricionista e esposa de Aristóteles Martins Estanislau, de seu segundo casamento. Casamos em 1983, na Igreja São Francisco de Assis, em torno da Lagoa da Pampulha (Igrejinha da Pampulha). Na época eu tinha 20 anos e ele 47 anos. Estamos casados há 33 anos. Aristóteles Martins Estanislau nasceu em 29 de maio de 1936. Temos 2 filhos, Bruno de Araújo Estanislau e Victor Araújo Estanislau. O primogênito é Bruno de Araújo Estanislau, engenheiro, nascido em 21 de junho de 1985. Hoje casado com Marcella Louise Vieira de Brito Estanislau. O nosso segundo filho e caçula é Victor Araújo Estanislau, nascido em 13 de outubro de 1988, artista plástico e ferreomodelista.
    Hélio Martins Estanislau está com 97 anos, lúcido, consegue gerir a própria vida e sua esposa Célia com 94 anos. Em 25 de dezembro de 2016 completaram 69 anos de casados, moram no Bairro Bandeirantes, na Pampulha. Dea e Dirce residem em Conselheiro Lafaiete/MG e Aristóteles Martins Estanislau e sua esposa Eleonor Couto de Araújo Estanislau residem em Contagem/MG.
    Parabéns pela iniciativa em escrever sobre a família Martins!
    Numa festa de família, uma pessoa falou que ia escrever sobre a família, que entraria em contato com o Hélio Martins Estanislau e com demais membros da família, acredito que seja você. De quem é filho e quem são seus avós por parte da família Martins? Conheci Mauro Lobo Martins e sua esposa Luizinha, inclusive visitaram meu filho Bruno, quando ele nasceu. Nelson Lobo Martins, Maurinho, cheguei a conhecê-los e acredito que foram em nosso casamento.
    Estou à inteira disposição para maiores colaborações, inclusive para enviar fotos!

    Att,
    Eleonor Couto de Araújo Estanislau
    Tel. 99612-4612
    eleonorcouto_nutricionista@hotmail.com

    • Boa noite, Eleonor. Perdoe-me a demora em responder.
      Fico muito feliz com seu contato.
      Tenho certeza de que vamos obter ótimos resultados trabalhando em conjunto.
      Vou lhe mandar email para mais detalhes.
      Meu email é jmartins661@gmail.com
      Grande abraço.
      Joaquim

  3. Em meu último comunicado deixei de relacionar um de meus irmãos e quero corrigir essa falha. Como disse sou filho de

    francisco Martins e

    sebastiana silva martins. Filhos do casal – Alfredo; Luiz Teodoro; Cirilo, Maria Balbina;; Alcione; Sidarta; Libania; e Francisco de Assis.

    • Perfeito, Luiz Teodoro. Antes do final deste ano serão escolhidos e oficializados os administradores das páginas de cada ramo familiar, possibilitando colocar textos, fotos e qualquer material de interesse de seus parentes mais próximos. Certamente para o seu ramo será convidada sua irmã Alcione. Ela terá inteira liberdade de inserir ou de suprimir qualquer matéria na página de seu pai e descendência dele. Vamos chegar lá.
      Grande abraço.

  4. Meu pai Francisco Martins era neto do barão , filho de Francisco Martins Pereira c/ Libânia; nasceu em Jaboticabal em 05/02/1914; em 1938 casou-se com Sebastiana Silva.Tiveram 08(oito) filhos;_ Alfredo ; Luiz Teodoro; Cirilo ; Maria Balbina ; Alcione; Libania e Francisco de Assis. Meu pai referia que quando jovem desentendeu-se com meu avô e retirou o Pereira de seu nome passando a assinar- Martins Junior,
    Tenho algumas cópias de certidões tais como a cópia do óbito do Barão e algumas outras certidões. Dia desses irei a Rio Claro visitar as terras do Barão.

    • Bem vindo, Luiz Teodoro. É ótimo que esteja participando da nossa comunidade familiar.
      Tenho certeza de que vai colaborar muito!
      O site está ainda bem no começo. Já tenho material de pesquisa que chega a três vezes o que já está publicado.
      Espero que até o fim deste ano eu tenha colocado tudo o que tenho e outras pesquisas que estão em andamento.
      Obrigado por estas informações.
      Antes de ir a Rio Claro, por favor, me avise.
      Há muitos documentos que pretendo obter com os cartórios de lá e os de Araras, referentes a vários ramos da família.
      Meu email pessoal é jmartins661@gmail.com.
      Vamos mantendo contato.

  5. sou LUIZ TEODORO, irmão da Alcione e primo da Denise, meu avô FRANCISCO MARTINS PEREIRA, nasceu em R Claro e faleceu em Itajobi em 1941. 1º CAS c/ LIBANIA : filhos LEONIDIA, FRANCISCO (meu pai) e EDITH. 2º Cas RUTH (1924) 3° cas por volta de 1929 filhos ANTONIO, VALDEMAR, MARIANO, DJANIRA, ARISTIDES e DORIVAL. Joaquim parabéns pelo trabalho realizado, está excelente.

  6. sou Luiz Teodoro, irmão da Alcione e primo da Denise.Nosso avô Francisco Martins Pereira, nasceu em R Claro em 1888. Casou-sse c/ Libania 03 filhos Leonidia,Francisco (meu pai) e Edith. Em 1924 n Ruth f de Lola. Com Francisca Costa filhos Antonio, Mariano; Valdemar, Djanira; Aristides e Dorival. Meu avô morreu em Itajobi em 1941.Parabéns pelo trabalho que tem sido realizado.Excelente..

  7. Oi Joaquim.. Sou descendente Direto de Joaquim Martins Pereira ..pai do Marechal Joao Baptista Marins Pereira .. avó do meu pai João Batista Martins Pereira …filho de Moroty de Azambuja Martins Pereira…vc uma pessoa muito especial.

    Quando marcar a reunião não esqueça de me comunicar.

    Grande Abraço!

    Marcos Luiz Martins Pereira

  8. Achei muito interessante o site. Sou tataraneta direta do Barão de Grão Mogol e pretendo ir à Rio Claro visitar a fazenda. Explico: O Barão, era pai da Orlinda, que casou-se com o Desembargador José Ribeiro de Almeida Santos. Ambos tiveram filhos, uma delas chamada Orlinda Santos Bandeira que casou-se com Félix Bandeira Júnior. Deste casamento, tiveram filhos, em especial Flávio Santos Bandeira, meu avô. Logo, sou descendente direta do Barão. Gostaria de maiores informações sobre toda a pesquisa e aguardo contato!

    • Seja bem vinda, Tathiana. Identifico perfeitamente sua posição na árvore familiar.
      O site ainda está em construção, como você pode ver.
      Tenho muito mais informações, não publicadas, ainda.
      Confira os irmãos e irmãs de seu avô: Elisa, casada com o Dr. Gumercindo Soares de Camargo; Isaura; Félix; Orlinda; Maria José; Alzira; Fábio e Fausto, todos Santos Bandeira. Os irmãos de sua bisavó Orlinda de Almeida Santos, casada com seu bisavô Félix Bandeira Júnior: Joaquim Theodoro Martins dos Santos, Maria Emília de Almeida Santos, José Ribeiro de Almeida Santos, casado com Argentina Dias de Vasconcelos e Francisca de Almeida Santos, casada com José Cristiano Soares. Outras informações já estão na página de Gualter Martins Pereira, no site. Por favor informe em que cidade reside. Quando for a Rio Claro me avise antes, há várias pesquisas em que pode me ajudar, a serem feitas nos cartórios de lá. Grande abraço.

  9. Nossa, que bacana encontrar mais “Martins Pereira”, descendentes do Gualtier… fiquei muito feliz em poder ler sobre a história dos antepassados… eu ouvia estas histórias do meu tio quando eu era pequena. Dorival Martins Pereira e minha mãe, Djanira Martins Pereira. Filhos de Francisco Martins Pereira.

    • Seja bem vinda, denise.
      Fico feliz em receber seu contato.
      Vou lhe enviar um email através de minha conta jmartins661@gmail.com
      Vamos identificar exatamente a posição de sua mãe, seu tio e seu avô, em nossa pirâmide familiar.
      Grande abraço
      Joaquim

      • Olá Joaquim!
        Olá Denise!

        Graças ao excelente trabalho do primo Joaquim, vamos, aos poucos,nos encontrando.
        O meu pai Francisco era irmão da sua mãe Djanira e do seu tio Dorival por parte de pai. Eu e a Denise somos primas e netas de Gualter Martins.
        Denise, o seu avô Francisco Martins Perreira era filho do Barão com a escrava Maria Rosa.
        Grande abraço!
        Alcione

        • Fabuloso, Alcione! Nota 1.000. Eu não estava encontrando a conexão.
          Seu esclarecimento foi perfeito! É por isso que me orgulho desta família! Parabéns!

          • Olá Joaquim!
            Olá Denise!
            Fico feliz por estar a contribuir para o reencontro da nossa família, das nossas raízes. Entretanto, houve um pequeno equívoco da minha parte na mensagem anterior. Na verdade, eu e a Denise somos bisnetas de Gualter Martins, somos sim, netas de Francisco Martins Pereira.
            Na nossa casa em Itu, SP, havia a foto do casamento da tia Djanira, que me encantava pela sua beleza. Nunca nos conhecemos pessoalmente mas lembro-me, de achar lindo seu nome Djanira, e ainda acho.
            Abraço grande

            Alcione

    • Olá, também tenho pesquisado o sobrenome Martins, em meio a milhares. Sou de Iuna, ES. A família tem muitos troncos em são João do Nepomuceno, M G. Através de uma certidão de nascimento de 1897 estou construindo uma árvore genealógica com os troncos de Francisco Antônio Martins e Constança Maria da Conceição por onde consegui até nona geração. Este casal é aproximadamente dos anos de 1830. renaldo.martins@bol.com.br

      • Parabéns, Renaldo. Além dos registros em Cartório e livros de igreja hoje contamos com uma poderosa ferramenta que é a análise do DNA, disponível através do site https://www.familytreedna.com/
        Tem um custo acessível e traz ótimas informações.
        Não tenho conhecimento de parentesco nosso com seus ancestrais, porém existe a possibilidade de haver. Aqui estamos a seu dispor. Sucesso!

  10. Olá. Meu nome é Agnaldo Holanda, entrei aqui no site de vocês, familiar, porque estamos preparando um livro com a história de Selvíria — o que inclui a Véstia –, e imaginei que vocês decerto tenham material de registro familiar que possa nos ajudar a compor esse registro histórico. Por gentileza, entrem em contato, de preferência pelo e-mail agnaldoholanda@gmail.com. Muito obrigado desde já.

    • Boa tarde, Andrews.
      Seja benvindo!
      É um prazer receber sua visita.
      Veja bem: Há muitas ramificações do sobrenome Martins, tanto no Brasil como em Portugal.
      Não temos a pretensão de conhecer a todas.
      Mas é possível que você esteja dentro desta nossa árvore.
      Eu tenho muito mais informações do que as que aparecem no site, porque o site ainda está em fase de construção e tenho trabalhado muito mais nas pesquisas do que na publicação delas, por enquanto.
      Faça o seguinte: Mande, a uma destas contas de email a lista dos seus ancestrais de que tem notícia.
      Pais avós, bisavós, incluindo, se souber, as cidades onde vivem ou viveram.
      jmartins661@gmail.com
      administrador@jmartins.org
      E, se for descendente de Caetano Martins Pereira há uma boa probabilidade de que eu identifique o seu ramo familiar.
      Mas mesmo não sendo parente próximo está convidado a participar, envie suas colaborações.
      Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *