1.1 – Isaura Martins Pereira

Prefeitura_Sant_Cataguases

Prefeitura Municipal de Santana de Cataguases

Nasceu em 1.888, na fazenda Boa Esperança, em Santana de Cataguases – MG, filha do capitão João Baptista Martins Pereira e de dona Maria Norberta Martins Pereira

Casou-se com Epaminondas Patounas, grego, passando a assinar Isaura Martins Patounas.

Não deixou descendentes. 

Epaminondas era superintendente da empresa “Singer Serring Machine Company” no Rio de Janeiro.  Não temos a data de seu falecimento, mas Isaura, viúva em  1.936 (portanto com 48 anos) entrou para a Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, primeiro como roupeira e depois chefe responsável pela rouparia de diversos hospitais municipais, ao longo de sua vida profissional. Com a criação do Estado da Guanabara, em 1.960 passou a ser funcionária do estado. A última notícia que temos dela é de 1.961, ainda como funcionária do Estado da Guanabara aos 73 anos e com 25 anos de serviço ativo.  

 

Recortes de jornal: A apresentação mostra a página inteira e depois (quando houver) em detalhe ampliado, a ocorrência que desejamos mostrar.

Revista da Semana – 02/04/1.910 –  Presença e discurso de Epaminondas Patounas, marido de Isaura, alto funcionário da Singer (máquinas de costura) no Rio de Janeiro.
Revista_da_Semana_24_04_1910_Patounas_discurso

 

 

Diário de Notícias, Rio de janeiro – 9/12/1.942

Diario_de_Noticias_09_12_1942_Isaura_roupeira

 

Diario_de_Noticias_09_12_1942_Isaura_roupeira_amp

 

 

C Correio_da_Manha_29_12_1961_Isaura_gratificacao_Estado_Guanabaraoreio da Manhã – Rio de Janeiro, 29 de dezembro de 1.961

Isaura, aos 73 anos,  funcionária do Estado da Guanabara, recebeu uma gratificação de 25% do salário.

Correio_da_Manha_29_12_1961_Isaura_gratificacao_Estado_Guanabara_amp

Para comentar, clique aqui

Crédito da foto: Panoramio – Google Earth